Trechos selecionados do livro “Em adoração”

Página 62 do livro “Em adoração”:

3) Quando estávamos no Ofertório, fechei os olhos entregando ao meu Anjo minha oferta, a fim de que ele a levasse até o Altar, mas uma luz iluminou meus olhos e minha mente, tornei a abrir os olhos e vi Jesus, isto é, o contorno de Jesus, a silhueta do Senhor da Divina Misericórdia e os raios que saíam de Seu peito e que me iluminava fortemente; tive um leve sobressalto que foi notado pelo padre Renzo, que mais tarde me disse.

4) Jesus falou ao meu coração, pedindo-me que me abandonasse a Ele. Fechei os olhos e em seguida me vi diante do Trono que tantas vezes me foi permitido ver. Via alguém, um ser cheio de luz prateada, e soube que era Deus Pai. Pensei: “Morri” e vi Jesus diante de mim, vestido como Jesus Misericordioso.

5) Logo voltei a mim mesma e estava envolta em uns aros, como anéis vermelhos e brancos mas soltos, como um barril que me cobria, mas eu sabia que por baixo eu estava despida, e comecei a me sentir mal, envergonhada porque temia que Deus Pai percebesse. Levantei o olhar, buscando Jesus à minha esquerda, mas diante de mim, do outro lado de Jesus, à minha direita, havia um ser que vestido de fogo, mas um fogo entre vermelho e dourado; não me assustei, pelo contrário, me fazia sentir muito bem.

6) Nesse instante me dei conta…. Eu estava me apresentando diante de Deus Pai, diante da Santíssima Trindade, e estava vestida somente pelas cores da Misericórdia Divina… Compreendi que a única coisa que pode nos tornar dignos para nos apresentarmos diante do Trono de Deus é a Misericórdia de Jesus, e que a Ela devemos nos acolher!

7) Olhei para esse Ser cheio de luz e consegui perceber Seus olhos, uns olhos enormes, como os de meu Jesus, mas com um olhar de ternura: sábia, madura, amorosa, como se convidando-me a confiar e a não temer. Esse olhar “sorria”, eu não podia ver nada mais, tudo era luz, mas aqueles olhos, ou melhor, aquele olhar, eu via claramente. Repeti junto com muitas vozes: “Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro” , repetimos por três vezes.

8) Uma voz muito doce, que reconheci em seguida como a de minha Santa Mãezinha, disse: “Deus Santo” … e meus olhos foram até Deus Pai; depois repetiu Nossa Senhora: “Deus Forte” , e meus olhos foram até o Ser vestido de fogo, e quando Nossa Senhora disse: “Deus Imortal” , meus olhos buscaram Jesus. Era isso: Deus Pai é o Santo, o Forte é o Espírito Santo e o Imortal, o que venceu a morte e é Jesus!…

9) Minha mente estava se abrindo a coisas que indubitavelmente podem ser muito conhecidas na formação de um sacerdote, de uma religiosa, de um leigo com estudos religiosos, mas para nós, os leigos em geral, para mim, era uma revelação. Disse a Voz de Jesus – mas eu sabia que era o Pai Quem me falava: “Diz ao mundo que repita esta oração com o conhecimento que tiveste agora”.

Pág. 67

8) Quem Me visita em Meus Altares, saiba que está já pisando os jardins do Paraíso porque embora seja certo que o Céu está no final, tenha já mais certeza de que é sua herança, porque pela fé se lhe assegura em suas tribulações e dúvidas, um triunfo certo.”

11) Quantas vezes nos chocamos contra a ignorância e contra a indiferença, que frequentemente parecem ser piores que a agressão…

Pág. 69:

21) Certa vez, enquanto eu via um de nossos irmãos de Apostolado visitando Jesus Sacramentado, o Senhor me explicou que o primeiro beneficio destas visitas é o de nos conceder Sua paz, para que cada momento difícil de nossos dias seja enfrentado com serenidade. Disse que Ele retribui com inumeráveis benefícios terrenos e espirituais a alma que corresponde ao Seu convite.

22) Reconheci que, com efeito, essa pessoa tinha mudado muito a partir de suas visitas ao Santíssimo Sacramento. Comprovei eficazmente como que a pessoa, apenas por ir visitar a Jesus, vai transformando sua vida.

23) Repentinamente vi essa pessoa como em um globo de luz, e vi que enquanto rezava o globo de luz ia crescendo, estendendo-se e alcançava sua esposa, sua família. De repente vi um carro correndo em alta velocidade, vi como batia e o carro ficava destruído. Mas a pessoa que saiu do carro estava ilesa, rodeada de um halo um pouco mais claro que o que envolvia o homem que rezava diante do Senhor.

Pág. 70:

28) Jesus veio em meu auxílio e me disse: “Escreve estas promessas que hoje te digo:

29) Eu prometo à alma que Me visitar com frequência neste Sacramento de Amor, que a receberei carinhosamente junto a todos os Bem-aventurados e Anjos do Céu; que cada aventurados e Anjos do Céu; que cada visita sua será escrita no Livro de vida e lhe concederei:

1) Todos os pedidos que forem apresentados diante do Altar de Deus em favor da igreja, do Papa e das almas almas consagradas.

2) A anulação do poder de satanás sobre sua pessoa e seus entes queridos.

3) A proteção especial em casos de terremotos, furacões e outros desastres naturais, que de outro modo o afetariam….

Livro completo gratuito disponível em link

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: